sexta-feira, 26 de agosto de 2016

Video feito por fã mostra Vegeta Super Sayajin Rosa

Uma coisa que já tinha tomando forma nas Internet da vida era a história de que Goku Black teria, sim, uma transformação estilo Super Sayajin, porém, como vem ocorrendo em Dragon Ball Super "novas" transformações que... ah, carecem um tanto de criatividade (afinal, são iguais ao SSJ convencional, só mudam nas cores), a transformação do Goku "manolo" também teria uma cor diferente.

Ele seria um Super Sayajin Rosé.

O Spoiler veio em exposição no Japão e muita gente estranhou o cara de cabelo rosado, então, vieram as teorias... Poisé, não é o tal Super Sayajin Branco, como se espalhou na inetrnet, mas outra variação na cor do Super Sayajin tratada como "nova". A confirmação veio no final do episódio 56.
https://i.kinja-img.com/gawker-media/image/upload/s--pvReX6tO--/c_scale,fl_progressive,q_80,w_800/sdk7m633blwvt9hjniki.jpg
Aqui cabe uma breve colocação sobre a foto abaixo, pois já que ela "entrega" o Super Sayajin Rosé, me pergunto o que o Broly e o Bardock tão fazendo ali?!

Será que vão aparecer no anime?!

Não que eu esteja me queixando ou coisa parecida... já demonstrei aqui uma caralhada de vezes que o Black agregou muito valor no anime e que, já é de longe, um dos melhores personagens da franquia. Mas venhamos e convenhamos, esse negócio de SSJ colorido ta começando a encher o saco.

Se, pelo menos, explicassem o que ocasionou essas variantes, mas ainda sequer explicaram o que xavascas é o Super Sayajin Azul.

Enfim, achei um vídeo feito por fã onde Vegeta mostra que, com sua força de vontade e sua paciência do tamanho do Q.I. do Goku, ele teria superado todos os limites e obtido o nível de Super Sayajin rosa.


Ah, dá um tempo, o vídeo ficou massa e dá pra rir um bocado.

Exposição sobre Saint Seiya no Tamashii Nation 2016


Poisé, mais um evento gigante se aproximando e já damos andamento nas informações. Da outra vez, deixamos você informado sobre o  evento Complete Works of Saint Seiya e vá preparando seu bolso para o Tamashii Nation 2016., evento que se propõe a divulgar (de forma uniforme) todas as linhas de Action Figures possivel.

Se você curte Action Figures (aqueles bonecos Super Ultra Hiper Mega Ultimate Very Cool), prepare-se para alcançar o Nirvana com o Tamashii Nation 2016, uma referência em exposições dessas figuras do mundo, entre elas estão a Cloth Myth EX e a D.D. Panoramation.

Daí tu tira como vai ser foda!

O legal é que este evento ocorrerá em Akihabara (Tóquio - Japão) entre os dias 28 e 30 de Outubro de 2016. O mesmo lugar onde ocorreu o Complete Works of Saint Seiya. Pelo que apurei nas Internet da vida, em 2014, foi, também no Tamashii Nation, que anunciaram o lançamento de Saint Seiya - Soul of Gold.

Video do Tamashii Nations de 2015

Segue um vídeo que eu catei no Youtube com imagens do evento em 2015 pra tu ter uma ideia do que o ano de 2016 reserva.



Em japonês, o termo Tamashii tem relação com nosso conceito de "Alma", então eles querem passar a ideia de que há mais do que um boneco de plástico, há mais do que aquela conversa de Capitalismo ou confecção da Arte. Há, ali, um "quê" de Colecionismo moderno e a ideia do evento é essa, unir amantes do Colecionismo e de miniaturas num sentimento geral.

quarta-feira, 24 de agosto de 2016

Morre Donna Mae Wold, a mulher que inspirou a criação da Garotinha Ruiva (Peanuts)


Donna Mae Wold, a mulher que inspirou Charles M. Schulz a criar a Garotinha Ruiva, amor de Charlie Brown
Poisé, para quem não conehce o simpático beagle Snoopy e o seu inseguro dono Charlie Brown (o que me faz pensar que você provavelmente viveu em uma caverna fechada nos ultimos 50 anos), o desenho Charlie Brown (conhecido aqui como Peanuts ) apresenta as aventuras e desventuras do garoto Charlie Brown, dono do cachorro Snoopy.

Sim, eu resumi um pouco a proposta do desenho.

Mais adiante na série, o garoto com problemas de ansiedade ganha um amor platônico, que ele nomeia carinhosamente como "A Garotinha Ruiva".

Todo grande artista tem uma musa inspiradora e a mulher que foi a inspiração do cartunista Charles M. Schulz (criador das tirinhas que deram origem a série animada e ao filme de 2015) foi a americana Donna Mae Wold.

No dia 23 de Agosto de 2016, a eterna Garotinha Ruiva faleceu aos 87 anos.

Poisé, não tá fácil pra ninguém.

Segundo o jornal Star Tribune, a causa da morte foi insuficiência cardíaca e diabetes.

Pelo que apurei na Grande Rede, Donna Mae trabalhava na contabilidade da Art Instruction Inc. e foi a inspiração para Charles M. Schulz (cartunista e criador da série) criar a "Garotinha Ruiva", maior amor da vida do nosso inseguro personagem. Na verdade, Charles Schulz e Donna Mae chegaram a namorar por vários anos e, inclusive, Donna Mae rejeitou o pedido de casamento de Schulz.

Não me surpreende que Charlie Brown seja tão frustrado.


A sincera simplicidade do Amor que se personifica na vida de um Alguém cheio de Neuras feito Charlie Brown, a realização de um momento Único e que corresponde a todos os seus anseios, enfim, o Amor ... este foi um dos momentos mais tocantes da nossa infância... pena que, no especial de Ano Novo, a Garotinha Ruiva fica com o Linus.

Eita, que "melhor amigo", heim, fura olho filho da puta!

Falando em frustração, David Michaelis escreveu Schulz & Peanuts - A Biografia do criador do Snoopy, onde não apenas temos a explicação de que vários personagens das tirinhas foram baseados em pessoas de seu círculo social (parentes, ex namoradas, amigos), mas também ficamos sabendo o quanto Schulz era uma pessoa cujos problemas de ansiedade e frustração moldaram sua personalidade.

sexta-feira, 12 de agosto de 2016

Especial do Mirai Trunks?! O que é o Fukkatsu no F-Mirai Trunks Especial Edition?!

Quem viu o Episódio nº. 54 de Dargon Ball Super até o final dos créditos tomou um puta susto com a declaraçao de que haveria a exibição de um especial de Mirai Trunks.

Mentira, eu não vi, mas eu sempre vejo até o final, só que eu acabei pulando essa parte. Eu vi essa informação na análise do canal Kami Sama Explorer.

YES! Mirai Trunks ainda tá salvando o Dragon Ball Super!

O especial Fukkatsu no F - Mirai Trunks Especial Edition será exibido dia 27 de Agosto de 2016 e, pelo que eu entendi, trata-se de algo do tipo Directors Cut Edition.

Ou seja, são cenas adicionais contando a perspectiva do filho do Principe dos sayajins sobre A VOLTA de um dos vilões mais carismáticos (no sentido de agradar aos fãs, mas ele é um tremendo de um filho da Puta intergalática) da franquia Dragon Ball: O Grande Freeza.

Eu disse "a volta", mas é bem a oitava vez que o Freeza dá as caras no anime desde sua morte em Namek.


Abaixo, curta o encerramento do episódio 84 com a chamada para o especial.
 
E ai?! Gostou ?! Se liga pra não perder o horário! Bom, ainda não temos muita certeza do que virá, mas a exibição será na TV FUJI às 21 horas, no dia 27 de agosto e quem estiver mais curioso (ou souber japonês), confira o link original da informação.

quarta-feira, 10 de agosto de 2016

Novo visual para velhos Pokémons no Arquipélago de Alola


Poisé, a Nintendo nem terminou de contar seus rios de dinheiro depois de Pokémon Go e algo tão ambicioso quanto ainda mexe com o imaginário coletivo dos fãs de Pikachu e Cia. que é Pokémon Sun & Pokémon Moon, previsto para 18 de Novembro de 2016 (excetuando na Europa, que chegará apenas dia 22 de Novembro).

Eu já tinha ouvido falar que muitas novidades seriam aplicadas ao que já conhecemos da jogablidadede de Pokémon, como o fenótipo do personagem, tipo, além do gênero (homem ou mulher), agora você pode escolher ser negro de tirar o chapéu ou um branquela sem graça que provavelmente não terminará sua Jornada Pokémon, pois estará hospitalizado com um melanoma por causa do sol forte de Alola.

A natureza é implacável, acostume-se.

Um vídeo (só a massa, por sinal) mostra mais dos gráficos do jogo, além de uma série de novidades como o já mencionado arquipélago de Alola, a possibilidade de participar de tarefas especiais em cada uma das quatro ilhas de Alola (arquipélago é uma caralhada de ilhas juntas), novos golpes... putz é muita coisa. Veja o vídeo, é mais fácil.

Z-MOVES, ZCRYSTAL, Z-RINGS...
Como eu disse, novos elementos serão adicionados e isso vai afetar as Batalhas, deixando os Pokémons mais apelões ainda. O Treinador e o Pokémon poderão usar o Z-moves, uma chibatada que manda o adversário lá pra Johto, mas só dá pra usar uma vez e, ainda assim, serão necessários dois itens: O Z-rings (um bracelete pro Treinador) e o Z-crystal (uma pedra que ajuda na sincronia).
Ai meu corassaaaaaauuumm, TAKE MY MONEY!!

Em vários locais de Alola existem pedras e cada tipo de Pokémon tem a sua respectiva pedra e melhor, o Z-rings e o Z-crystals também serão itens do Mundo Real, onde o jogador usará um bracelete (tipo um relógio de visual super ultra hyper mega ultimate very cool).

No que diz respeito a valores, pelo que pesquisei, um Z-ring será vendido a 2,600 yen e acompanha um Z-crystal no valor de 599 yen (vendidos em pacotes com três).

Tá, mas e os Pokémons e o que é Alola?!

ALOLA
O ambiente em Alola ganha ares mais leves para os personagens e tem uma temática que lembra o Hawai. Alguns pokémons já conhecidos de nossa parte se adaptaram ao clima das Ilhas e ganharam características diferentes, parecendo totalmente novos.

Para quem não sabe, Charles Darwin baseou suas ideias de Evolução graças a estudos feitos em diversas ilhas... e NÃO, Darwin não é um personagem do jogo, é um naturalista britânico que escrveu A Origem das Espécies). Eu realmente não sei se as formas antigas estarão no jogo, mas acredito que a novidade vai pegar bem e os pokémons alterados de Alola (chamados de Alola Forms) são Exeggutor (Grama/Dragão), Vulpix (Gelo), Ninetales (Gelo/Fada), Sandshrew e Sandslash (Gelo/Aço).

E SIM, eles conseguiram deixar o Sandshrew mais cuti cuti do que ele já era.

O quê!? Não me olhe assim. Sou homem, peludo e tiro fiapo de manga dos dentes com a unha ,mas não consegui ver um Sandshrew tipo gelo sem soltar um sonoro AAAAHHHNNN...

...Foda-se!

NOVOS POKÉMONS
Alguns pokémons novos são apresentados:
  • Oricorio (basicamente Voador, mas em cada ilha há uma variação como Fogo, Elétric, Psíquico ou Fantasma)
  • Minior (tipo Pedra/Voador, ainda tem uma habilidade chamada Shields Down que muda seu formato durante a luta e aumenta seu ataque ao cair sua carapaça, podendo adquirir novas cores)
  • Gumshoos (evolução do Yungoos e lembra aqueles velhos carrancudos que dão cascudos nos outros)
  • Fomantis e Lurantis (um é a evolução do outro, tipo Grama, a evolução parece um Louva a deus)
  • Mudbray (sim, um pokémon Jumento, não tenho mais o que dizer sobre isso).

Para quem não quer diexar de capturar monstrinhos, conheçam o Pixelmon Go


Bom, Pokémon Go é uma realidade e muita gente já sai por aí caçando seus Pokémons como se não houvesse amanhã. Muitos relatos na Internet sobre assaltos, brigas, confusões e até mortes...

...mas eu não vou mais linkar essas coisas, pois a postagem será sobre um game que é uma tragédia em si, porém, é uma alternativa para o caso de você ser igual a mim.

E eu não me refiro a ser frustrado ou acometido de uma brutal calvice, mas sobre ter um celular que não rode o jogo.

Estou falando de Pixelmon Go, o genérico questionável de realidade aumentada pra caçar monstrinhos que parecem arrancados de uma mente rendida pelo tal do Minecraft.

Poisé, eu nunca joguei Minecraft, me processe!

Pelo que apurei por aí, a jogabilidade de Pixelmon Go é, basicamente, a mesma do seu concorrente de Peso e Prestígio: O jogador precisa sair pelas ruas caçando monstrinhos (descaradamente semelhantes aos primeiros 150 pokémons) e capturando-os em poké-bolas... que não são, exatamente, bolas, pois são quadradas.

Tipo a tão sonhada bola quadrada do Quico.

Ainda há a possibilidade de encontrar outros jogadores (Mestres Pixelmons!?) para eventuais batalhas e, excetuando a ausência de Poké-Stops, ovos, Gym e todo o resto dos atrativos de Pokémon Go, esse genérico apenas oferece uma parcela muito pequena e é apontado apenas como uma alternativa para quem não consegue jogar o Pokémon Go e não quer sofrer Bullying por ser o único que não abandona seu tempo ocioso para caçar monstrinhos.

Eu já falei que nunca joguei esse Minecraft, mas eu sei que existe um  cidadão que colocou Pokémon dentro do mundo de Minecraft, mas essa notícia já é relativamente antiga, então não confundam. O game Pixelmon Go, abordado nessa postagem, não é nem Pokémon, nem Minecraft. Se você quer ver a parada de perto, vai no Google Play e faça o download.

Depois deixa aí nos comentários o que você achou do jogo.

segunda-feira, 8 de agosto de 2016

Quadrinhos para Todos


FONTE ORIGINAL: O POVO ONLINE
---------------------------------

Imagem retirada do site O Povo - http://imgs.opovo.com.br/app/
noticia_132346504881/2016/08/08/3644462/0808va10.JPG
Os aspirantes a autores da nona arte começam a receber um grande incentivo a partir de amanhã, 9. Pelas próximas 12 terças-feiras, o Curso Básico de Quadrinhos chega sempre com um fascículo sobre um tema abordando a produção de quadrinhos encartado no O POVO. O projeto HQ Ceará é fruto de uma parceria entre a Fundação Demócrito Rocha (FDR) e a Secretaria da Cultura de Fortaleza (Secultfor). O tema da primeira edição será “Linguagem e os princípios da produção de HQs”, do quadrinista cearense Daniel Brandão. O projeto gráfico do Curso é assinado por Amaurício Cortez, Welton Travassos e Karlson Gracie.

Além dos fascículos no Jornal, os participantes do curso também terão acesso a vídeo-aulas divulgadas às terças-feiras, na TV O POVO (canal 48 - TV aberta; 23 - Multiplay; 24 - Net), às 13 horas, com 15 minutos de duração cada, e reprises às 8 horas do dia seguinte. Todo o material do curso estará disponível no site oficial do projeto. Os inscritos no site recebem certificado de participação ao final do curso.

O Curso Básico não é a única empreitada da HQ Ceará neste semestre. No dia 12 de agosto se inicia uma rodada de 3 cursos e 6 oficinas presenciais, todas realizadas no Espaço O POVO de Cultura e Arte. Como todo o projeto, as inscrições serão gratuitas. O primeiro curso será Desenho para Quadrinhos, com 12 horas de duração divididos em dois dias. As inscrições podem ser feitas a partir de amanhã, 9, no site da FDR. A programação completa dos outros cursos e oficinas também estará disponível no portal. Todas as atividades têm lotação máxima de 40 vagas.

Um dos criadores do projeto, Raymundo Netto, explica que as atividades presenciais são independentes do conteúdo dos fascículos e vice-versa. A ideia é que elas funcionem como uma forma de colocar o público interessado em contato direto com os realizadores de cada atividade e, consequentemente, do mercado. “A gente estimula mesmo que eles procurem outros cursos também, porque é bom ver essa troca de ideias”, conta.

As atividades da HQ Ceará seguem até outubro deste ano, com palestras, shows temáticos e o lançamento de um documentário. (Hamlet Oliveira)
 FASCÍCULOS

1. A linguagem e os princípios da produção em HQs - Daniel Brandão

2. Roteiro e narrativa - Zé Wellington e Ricardo Jorge

3. Criação e desenvolvimento de personagens - J.J. Marreiro e Thyago Cabral

4. Composição para quadrinhos - João Belo Jr. e Júlio Belo

5. Imagens: estilos e possibilidades - Jean Sinclair

6. Tiras - Waldemar Lene Chaves

7. Quadrinhos alternativos - Débora Santos, Weaver Lima e Sirlanney

8. Balonamento, tipografia e onomatopeia - Luís Carlos Sousa


9. Arte-final: tradicional e digital - Mano Araújo e Rafael Dantas

10. Cores para quadrinhos - Dharilya Sales e Robson Albuquerque

11. Edição - Fernando Lima e Talles Rodrigues

12. Mercado de HQs - Pedro Brandão

SERVIÇO

Inscrições para o curso básico de quadrinhos
fdr.org.br/uane/hqceara
Inscrições nos cursos e oficinas presenciais:
edicoesdemocritorocha.com.br

quarta-feira, 3 de agosto de 2016

Black é controlado por Zamasu?! Será?!

Poisé, a casa caiu!

Depois da exibição de mais um episódio de Dragon Ball Super, muita gente correu pra Internet, apontando que Zamasu (que finalmente apareceu no Anime) é um cuzão, tomou um pau do Goku e se confirmou que ele seria, de fato, o Black. Mas será que isso é verdade?! Esses dois personagens teriam uma relação de Comandante e Comandado?!

Vamos em frente.

No episódio 53 rola uma das lutas mais esperadas desde o início do Arco Mirai Trunks. A aparição do Kaio verdinho era bastante aguardada, não apenas pelas especulações de seu envolvimento com o (também) misterioso Black, mas a série está se desenrolando intensamente e, até agora, sua aparição constava apenas na Abertura.

Poisé, o cara é meio timido.

Apesar das enrolações (o pequeno Trunks competindo com "ele mesmo" pela atenção da Mai, por exemplo), a chegada de Goku, Whiss e Beerus no Universo 10 e vão ao encontro de Gowasu e Zamasu (que parecem Mestre e Aluno, respectivamente).

Zamasu aspira ao cargo de Kaioshin (poisé, ele ainda não é um Kaioshin) e ouvimos novamente sobre ele ser um prodígio e tal. Na cena, Gowasu toma um chá que só pode ser feito por alguém como Zamasu, um alguém de "coração puro".

Lembram que o Super Sayajin Vegeta disse que era puro... puramente ruim?!

Poisé. Dessa pureza aí, o Inferno tá cheio.


Ainda, o Kaio de cabelos brancos é cheio de milindros com relação aos humanos e o fato de haver um humano com tanta intimidade com Whiss e Beerus o deixa inquieto. Quando são questionados sobre os Aneis do do Tempo (usado pelos Time Breakers e que só apareceu nos jogos mais recentes da franquia), os dois Kaios se mostram desconhecedores do assunto...

... o que não me impressiona, a julgar pela competência do Shin e do Kibito do Universo 7.


Apesar do traço estar um pouco capenga, a luta é boa, a chibata come solta e Goku (já no modo SSJ2 logo de cara) senta a mão no pau da venta de Zamasu, que cai de bunda no chão. Pra quem já não curtia os Humanos, Ele termina o episódio detestando ainda mais...

... e ainda teve de ouvir que os Kaioshins do Universo 7 são muito fracos.

Mas o Goku ta quase tão "nonsense" quanto o Homer Simpson.

CONCLUSÕES  DO EPISÓDIO 53 DE DRAGON BALL SUPER

O Episódio, como já disse, deixou um pouco a desejar no traço, mas impressionou em duas situações protagonizadas por Goku: Não apenas Goku constata que o Kaio do Universo 10 tem condições de se tornar um Deus tão FDP quanto Beerus (que fica puto, claro), mas Goku afirma que o Ki de Zamasu e Black não são iguais, apesar de semelhantes.

Sim, o Goku usa a lógica de forma mais coerente do que o Whiss... e isso é mais impressionante do que qualquer coisa já vista em Dragon Ball.

Agora isso é opinião minha: Eu penso que Black e o Kaio Zamasu não estão, de fato, ligados, pois se fosse assim,  este ultimo teria reconhecido Goku logo de cara e não teria pensado nele como um Humano, afinal, Black se refere aos Sayajins como Sayajins.

E as teorias de que Black seria um "corpo" do Goku ou mesmo o Goku aidna doente do coração (Linha do Tempo do MiraiTrunks) se reforçam, enquanto outras mais itneressantes (como a de que Black seria Goten) perdem força.

Goku também fala da semelhança entre os Kis, o que, pra mim (excetuando alguma coisa que o Anime ainda não passou), seja pelo Ódio contra os Humanos. Isso deixa as coisas ainda mais interessantes e dão ao Anime uma nova faceta, pois, até onde eu me lembro, um vilão nunca ficou tão sorrateiro.

TRUNKS "DE VOLTA PRO FUTURO"?! 

Há muita especulação na Internet e uma possível explicação sobre a parceria Black/Zamasu se dar, apenas, no Futuro.

Assim, neste momento, Zamasu, de fato, não sabe quem é Goku e sequer tem ciência do que está acontecendo e, depois de ser humilhado na luta contra Goku, Zamasu resolve interferir no Tempo usando os Aneis do Tempo e usar o corpo do Goku que adoeceu do coração, assim, sua humilhação estaria reparada e ele seria o maior fodedor de todos os Universos.

Um enredo altamente ambicioso, tenho que admitir.

Isso seria legal pacas, mas eu não levo muita fé nessa hipótese, já que Dragon Ball tem Viagens no Tempo, mas não trabalha com o assunto da forma convencional, ou seja, da forma como estamos acostumados a entender o assunto.

Acontece que em filmes como Efeito Borboleta e De Volta para o Futuro, quando um Evento qualquer se altera no Passado, o Futuro já recebe de forma automática os reflexos dessa interferência (como o caso do Marty Mcfly quase ser apagado da História ao interferir no encontro dos Pais).

Em Dragon Ball, quando Trunks veio do futuro e deu o remédio para Goku não morrer do coração, ele não interferiu no seu futuro diretamente, mas criou uma Linha do Tempo alternativa, assim, existiam duas realidades (uma onde Goku escapa da morte e salva todos, e outra onde Goku morre do coração e o futuro é uma diarréia de dinossauro).

Poisé, o próprio Trunks explica isso.

Seria um furo no roteiro, mas a Produtora pode usar essa estratégia para evidenciar um assunto já abordado pelo Whiss e pelo Jaco, que é a proibição das viagens no Tempo, sendo vistas como Crime.

Porém, pensando um pouco, o Black veio do Futuro e, igual a interferência que Trunks causou na Linha do Tempo de Goku e seus comparsas, Black poderia interferir livremente, pois esse poderia ser o Poder do Anel do Tempo... sim, isso está me dando dor de cabeça.

Vamos ver no que vai dar.