quinta-feira, 17 de agosto de 2017

Anime de Saintia Shô ganha nova Imagem


Eu admito, não conheço muito de Saintia Shô, spinn-Off  de Saint Seiya protagonizada por moçoilas lindas, independentes e porradeiras.

Eu já havia falado do possível anime de Saintia Shô e a edição de Agosto da revista Champion Red (uma publicação da editora japonesa Akita Shoten) já mete logo uma puta imagem de Shô (ou Shoko, como tem gente falando aí, já disse que não acompanho o mangá) que é a protagonista gatinha com a armadura já no visual proposto para o anime que será produzido pela Toei Animation.

E eu volto a repetir, tá massa, a coisa mais linda e cheia de graça!

Enfim, penso Eu, mero fã de Anime, Tokusatsu e Cultura Pop em geral, que esse seja um Scan da revista, afinal, a edição de Agosto da Champion Red só sai dia 19, segundo postagens avulsas nas Internet da Vida.

Na imagem podemos perceber, além da protagonista (protegida pela Constelação de Cavalo Menor), os Dourados Milo de Escorpião, Aiolia de Leão e Saga de Gêmeos.

Dragon Ball Super e a nova transformação de Goku

A Revista V-Jump apresentou uma imagem do que seria uma "nova transformação" do Goku nessa saga de Dragon Ball Super (Universe Survivor ou Torneio do Poder). Uma imagem semelhante já corria a internet, mas o Goku estava de costas e não dava pra saber muita coisa...

... mas inventar, ah, inventaram muita coisa.

Só não foi pior do que aquela história do Gohan "Ki dos Anjos".

A NOVA TRANSFORMAÇÃO DE GOKU EM DRAGON BALL SUPER

Enfim, superado o trauma, vamos falar do novo visual do rapaz.

Lembra da Revista V-Jump?! Aquela que mostrou todos os 12 Deuses da Destruição, também mostrou o novo visual dos Androides 17 e 18, além de mostrar a Caulifla (que a Internet achava que era a "Brolly fêmea")? Poisé, agora temos uma visão frontal do Goku nessa que indica ser uma nova transformação adquirida no Torneio do Poder.



Segundo o texto...

"O novo visual mostra uma transformação inédita?! Finalmente vimos a frente do novo visual de Goku, com olhos prateados e um olhar digno em seu rosto."
 
Ainda não sairam muitas informações, mas já dá pra ter uma noção melhor do que na imagem anterior. Goku ainda tem os cabelos escuros, mas os olhos e o Ki são prateados.Pra mim, foi inevitável lembrar da transformação Super Sayajin Fake usada no filme do Lord Slug. Nessa transformação, o filho de Bardock não se transforma plenamente no Super Saiyajin...

... mas ajuda pacas na hora de chutar algumas bundas com mais eficácia pra fora do planeta.

Resta esperar maiores informações oficias ou algum vídeo do Super Dragon Ball Heroes que, muitas vezes, acaba entregando algo de novidade para os fãs.

quarta-feira, 16 de agosto de 2017

DLCs e Fight Money em Street Fighter V no aniversário de 30 anos da franquia


No Painel do Street Fighter durante a San Diego Comic Con 2017 (aquele com o vídeo amador do trailer dos Vingadores: Guerra Infinita) tivemos anúncios interessantes pra quem curte Street Fighter V. Isto se deve por conta do aniversário de 30 anos da franquia.

A franquia fez história no mundo dos Games sendo um dos primeiros jogos de luta (no modo Versus e não no Side Scrolling) e até documentário ganhou nos 25 anos da franquia. Para comemorar os 30 anos de porradaria (agora em Agosto de 2017), quem ganha presente é a gente.

Bebei e regozijai!

DLCs, Fight Money e roupas alternativas em Street Fighter V

Aqui no blog já falamos sobre os já rotineiros DLCs da Capcom para Street Fighter e com Street Figther V não é diferente disso (aqui falamos do lançamento das DLCs Akuma e o DLC da Kolin, lembra?). Para comemorar o aniversário de 30 anos, a Capcom garantiu 30.000 FM (Fight Money).

Também anunciou vestimentas novas para vários personagens, sendo US$ 3,99 cada uma. Além disso, disponilizou Laura, Rashid e Ibuki com roupas de esporte. Pra fechar com chave de ouro, divulgou como desbloquear o Shin Gouki no Street Fighter II para Nintendo Switch:
  1. Selecione o Ryu, cancele na cor 1
  2. Selecione o Ken, cancele na cor 9
  3. Selecione o Sagat, cancele na cor 8
  4. Selecione o M. Bison, cancele na cor 7
  5. Coloque o cursor em cima do Random, aperte L e R ao mesmo tempo
Sim, Chibata pra mais de metro! Agora você pode descer a bifa com o Gouki cheirado e isso sempre é um ponto positivo. Esse negócio de fazer macete pra desbloquear personagem secreto me lembrou os tempos de locadora.

Jovem de Tocantins transforma personagem de Tolkien em TCC

Poisé, depois do TCC sobre Saint Seiya, agora é a vez de termos um personagem de John Ronald Reuel Tolkien analisado dentro de um Trabalho de Conclusão de Curso.

Eu fiz uma postagem em outro blog sobre quadrinhos no ensino da História e perceba o quanto é interessante ver uma produção de conhecimento completamente voltada para a Cultura Pop, apesar da descrença, muito Conhceimento transborda de Filmes, Games e HQs também.

FONTE ORIGINAL: MAPINGUA NERD
--------------------------------------------------------------------------


Da lista de palavras que mais causam medo e desespero nos universitários, você pode ter certeza que “TCC” está facilmente no topo dela. Aqui em Manaus, já vimos duas moças que realizaram um TCC voltado para o lado nerd, uma delas fez seu trabalho baseado em Harry Potter e a outra também se baseou no universo de J.K. Rowling, mas se voltando para as páginas de Os Contos de Beedle, o bardo. Já em Tocantis, uma jovem transformou o personagem Aragorn em seu TCC.
Durante o mês passado, a universitária Maiza de Paula concluiu o curso de “Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo” na Universidade Federal do Tocantins ao defender o seu TCC “O Senhor dos Anéis, da literatura para o cinema: uma análise comparativa e intersemiótica sobre o personagem Aragorn”.

Fã da cultura pop em geral, a jovem não se diz “nerd”, mas se sente um pouco mais voltada para o lado “Geek” da força. A moça não abre mão dos games, RPG, séries, filmes, livros, HQs e animes. “Acho que sou muito mais uma metade de cada, apesar de geek e nerd serem do mesmo mundo ainda tem uma grande polêmica nesse universo, são ramificações diferentes, mas tudo está envolto no mundo nerd, então eu penso que eu estou no meio desses dois caminhos.”, comenta Maiza.

A ideia para o TCC

Como já era de se esperar, Maiza é uma grande fã da obra de Tolkien e, por seu curso dialogar bastante com artes visuais e literárias, surgiu na cabeça a ideia de fazer um estudo dentro da comunicação sobre a relação entre o cinema e a clássica obra literária de Tolkien. A estudante diz que “As obras de Tolkien foram e são um marco na história da literatura fantástica mundial. Os filmes de Peter Jackson também foram uma grande inovação cinematográfica na época que foram lançados.”.
A professora responsável por ser a orientadora de Maiza em sua jornada pela Terra Média, além de aceitar tranquilamente o tema para o TCC, também caiu de cabeça e se empolgou bastante. A orientadora também é fã de Tolkien e dos filmes de Peter Jackson, então logo viu que a estudante trabalhava com um tema inovador.
Recebi dela um apoio muito grande quanto a isso, o que me ajudou bastante a ficar firme no trabalho.
Alguns professores do curso chegaram a “virar o nariz” para o tema do TCC e ainda falaram que não tinha nada a ver com jornalismo, porém Maiza seguiu confiante ao ver que o seu curso, acima de tudo, é de Comunicação Social, e assim realizou o TCC.

Tempos difíceis e a incerteza do tema 

Alguns meses atrás a jovem tentou fazer o TCC, porém enfrentou muitas dificuldades ao passar por duros momentos enfrentando a morte do pai, nessa época a moça até pensou em desistir do curso, mas continuou firme. Após estudar a disciplina de “Comunicação e Cultura”, Maiza considerou mudar o rumo do seu TCC para “Folkcomunicação”, mas viu que já tinha bastante embasamento teórico para prosseguir com o tema de Senhor dos Anéis e por assim ficou. 
Hoje me sinto orgulhosa do resultado. Foi difícil o processo de produção, muito difícil, mas o resultado foi maravilhoso na minha realização pessoal e também na nota final do trabalho.

Aragorn filho de Arathorn será o novo rei

O TCC trata basicamente de uma análise de convergência e divergência na trajetória de Aragorn tanto nos livros quanto nos filmes. A universitária tentou identificar e entender como se dão essas diferenças no processo de adaptação do livro para o cinema, procurou estudar se é tradução da linguagem escrita para a fílmica, se é o apelo comercial ou a vontade de deixar o filme mais comerciável para vender mais.

Tolkien deixou um grande tesouro para a humanidade, e é nosso dever perpetuá-lo, seja passando o gosto pela leitura aos nossos filhos, netos, sobrinhos, ou estudando sobre sua obra maravilhosa. O importante é não deixar cair no esquecimento.

segunda-feira, 14 de agosto de 2017

Pai faz animação baseada em Dragon Ball para filho

E chegou mais um Dia dos Pais. Aqui no Blog eu já fiz uma homenagem ao dia dos Pais antes, afinal, pra ser Pai, basta ter um Filho...

...Sim eu não estou com cabeça pra escrever hoje, então vou me limitar a trazer logo uma Fan Animation de Dragon Ball Z super ultra hiper mega ultimate really fucking show de bola, feita sem fins lucrativos por um Pai para homenagear seu filho em seu aniversário de 9 aninhos.



E digo mais, o Pai que fez o vídeo foi tão longe nessa história que, não basta a qualidade do traço e da animação que dá até um baile em muito episódio de Dragon Ball Super (já discutimos sobre animações que despencam na qualidade), mas ainda conseguiu a dublagem oficial de Wendel Bezerra (dublador do Goku) e Tânia Gaidarji (dubladora da Bulma).

Pelo que me consta, Robson Menezes dos Santos (produtor do vídeo e Pai evidentemente apaixonado pelo filho) trabalhou na animação durante seu tempo livre entre os meses de Agosto de 2013 e fevereiro de 2014 (5 meses) e o resultado está aí pro delírio dos fãs.

Poisé, eu nunca ganhei uma animação só pra mim no dia dos Pais, então deixem de desculpa bando de Pais relapsos, trabalhem em algo que mantenha você e seu pimpolho juntinhos, pode ser uma animação super fodástica ou simplesmente renunciar uma cerveja com os amigos e inventar uma grande aventura com seu filho no quarto dele bagunçado de brinquedos.

Vai valer a pena, eu vo-lo digo!

Eu te digo que o sorriso e o Amor que seu filho mostrará tão honestamente valerá qualquer coisa, pelo menos é o que eu sinto quando estou junto do meu. Parabéns para todos os Pais (até pra você que não sabe se é Pai), sintam orgulho de seus filhos, pois eles também sentem isso de você.

sexta-feira, 11 de agosto de 2017

Homenagem a Emerson Camargo

Emerson Camargo - Foto retirada de
http://dublagem.wikia.com/wiki/Emerson_Camargo
Vendo o Tokudoc postou um vídeo super emocionante sobre Emerson Camargo. O Danilo (pense numa intimidade com o cara do Canal)  conta, de uma forma até emocionada (dá pra perceber no semblante dele), a trajetória de um dos maiores nomes da dublagem brasileira.

Certamente você, Oh Fã de animes e Cultura Pop/Nerd/Geek, já ouviu a voz do cara em algum momento da sua vida, mas (provavelmente) não se ligou/não sabe/não se interessou de ir atrás de saber quem é.

Emerson faleceu no dia 14 de abril de 2017 e, apesar da demora, nossa homenagem a um dos precursores da Dublagem no Brasil, além de ceder gentilmente sua voz para ícones como National Kid e tantas outras narrações em películas que tanto amamos.


Quem foi Emerson Camargo

 Uma coisa que o Danilo fala muito bem no vídeo é que, a maioria escalafobética das pessoas não sabe quem é Emerson Camargo e botar o nome dele, muito provavelmente ninguém saberá quem é. Mas, porém, contudo, todavia, se falar o nome das produções que trabalhou (e marcou pela dublagem), ainda assim a Pessoas só saberá da voz do dublador e não do dublador em si, tipo o que acontecia com o Lombardi.


Nossa, você não sabe quem é o Lombardi?!

Eu estou velho e decrepito...

Independente do quanto meu gosto questionável denuncia minha idade avançada, o que importa é que Emersom iniciou sua carreira no estúdo AIC (São Paulo), onde seu pai, Wolner Camargo, era Diretor. Anos depois, trabalhou em outros ramos até que voltou para a área de dublagem, agora no estúdio Herbert Richards (Rio de Janeiro).

Seu destaque no ramo da Dublagem foi para além dos bastidores e dublou personagens de franquias importantes como a primeira e a segunda dublagem de National Kid (dublou o próprio National Kid) e Daisuke Arashi em Ultraman, além do Capitão James Kirk na primeira dublagem de Jornada nas Estrelas e o Major Antony Nelson do seriado Jeannie é Um Gênio.

Entre outros trabalhos que os fãs dessa nova geração consumidora de Japão pode conferir, temos aí a voz de Emerson em Patrine, Samurai X, Esquadrão Especial Winspector, Saint Seiya Omega (dublou o Ionia de Capricornio), e outros. Você pode conferir uma lista muito legal dos trablahos de Emerson na página Dublapédia.

Isso eu tô passando bem por cima da trajetória de Emerson Camargo. Recomendo você ir no Canal do Tokudoc e conferir o vídeo dele sobre Emerson Camargo que ficou, realmente, muito emocionante e não é pra menos. Conhecer o trabalho de Emerson como dublador (tanto na dublagem em si quanto nos bastidores da dublagem) é, sem dúvida, conhecer a História da Dublagem no Brasil.

E SIM, sua falta será sentida e nossos sentimentos aos familiares de Emerson Camargo e, claro, nosso MUITO OBRIGADO por todo o seu esforço em deixar tamanho legado para a Televisão brasileira.

Descanse em paz e obrigado.

Sonic Mania libera abertura em anime

Um dos jogos mais aguardados da franquia do ouriço azul mais rápido dos Games, Sonic Mania é, claramente, uma tentativa de resgate do espaço que Sonic tinha na sua época dourada dos tempos do Mega Drive.

Sonic mudou de visual mais vezes do que o Neymar, a Bulma (Dragon Ball) e o James Bond combinados. Agora, a maior aposta é trazer o ouriço ao berço, em seu visual inicial... o que não é um defeito.

Pelo menos não pra mim.

Eu sempre gostei do Sonic e, essa abertura até me lembrou outra abertura em anime de outro jogo do Sonic, o Sonic CD.


O Sonic Mania tem previsão pra lançamento em Agosto de 2017 (lá pela segunda metade) pra PC, Playstation 4 e Xbox One, além de Nintendo Switch. Os apressadinhos podem correr pra pré-venda e adquirir sua versão do Sonic Mania para computador, Playstation 4 ou para Xbox One.

terça-feira, 8 de agosto de 2017

Deadpool 2 - Josh Brolin aparece como Cable

Bom, aqui não tem muito o que me demorar nessa postagem, o que é bom.

Pra quem curte Deadpool 2, sairam as fotos do ator Josh Brolin como o personagem Cable. Josh vai interpretar praticamente dois personagens Marvel ao mesmo tempo, pois ele também é Thanos no próximo filme da franquia Vingadores (Vingadores - Guerra Infinita que você viu o trailer aqui).

E se você ainda não conhece muito de Deadpool, saiba 9 Curiosidades sobre o cara.

E SIM, o personagem ficou muito massa, nada daquela coisa berrante dos quadrinhos... não que eu esteja reclamando do personagem (não sou muito fã de Quadrinhos, mas um dos personagens que eu mais gosto é, justamente, o Cable).

Mas esse novo Formato do personagem deixa ele com um aspecto mais realista, sóbrio.

Para um personagem duro e disciplinado (moldado pela aspereza de um futuro traumático), nada mais interessante do que deixá-lo com a cara de um Militar. Achei muito justo.

MAS QUEM DIABOS É CABLE? 

Pra quem não conhece muito do cara, ele é filho do X-Man Ciclope e de Jean Grey, só que vindo do futuro. Ele aparece, também, naquele desenho bacana que passava nas manhãs da Globo.

Cable é um personagem de quadrinhos da Marvel Comics. Ele é um mutante com poder telecinético. Além dessa capacidade superhumana, possui o braço esquerdo dominado por um vírus artificial implantado por Apocalipse. 

Assim, mal comparando, o Cable é tipo o Mirai Trunks da Marvel.


JOSH BROLIN VAI INTERPRETAR DOIS PERSONAGENS DA MARVEL?

Isso é possível pois o personagem Deadpool teve seus Direitos para o Cinema comprados pela 20th Century Fox (o que também acontece com os personagens da franquia "Xis-Mein"), por isso o cara vai interpretar dois personagens da Marvel, mas em filmes diferentes... alguém vai enricar duma hora pra outra.


Ó a zuada, porra!


Claro que teremos Ryan Reynolds fazendo Deadpool no próximo filme, ainda, Zazie Beetz foi confirmada para interpretar a mercenária Dominó. O Filme Deadpool 2 está previsto para 2018.

segunda-feira, 7 de agosto de 2017

Game of Thrones - Daenerys mostra Dragão


Eu assumo, eu não acompanho a série Game of Thrones (o mais perto que cheguei disso foi a postagem sobre o Livro de Colorir da série) e acho que sou a única pessoa em meu círculo social que assim procede e isso já me rendeu muitas situações desconfortáveis de exclusão, críticas e gente rindo e apontando para mim...

... Sim, as pessoas são más.

Independente de como eu me sinta em relação a isso, o Quarto episódio da Sétima Temporada (pra situar quem não acompanha, é o episódio que vazou na Internet antes da exibição) literalmente pegou fogo e botou um Dragão pra detonar todo um exército de coadjuvantes em trajes medievais.

E SIM, foi massa pacarái.

Episódio “The Spoils of War” mostra Daenerys Targaryen e Drogon

Como eu já disse, não tenho conhecimento pra falar de Game of Thrones, então farei uma exposição rápida e rasa dos fatos. Pelo que me consta, a linda Daenerys Targaryen controla dragões e a cena em questão é a investida dela com seu dragão Drogon (um dos dragões nascidos no Mar Dothraki) e uma ruma de Dothrakis (guerreiros nômades).

O Dragão, que mais parece um satanás cheio de anfetaminas, queima praticamente todo o exército depois de Daenerys resolveu "tornar-se um Dragão" e, assim, lançando um ataque poderosíssimo sobre o (naquele instante) impotente batalhão de Jaime Lanniste. 

A sétima temporada da série Game of Thrones é exibida pelo canal HBO aqui no Brasil e, caso você esteja pirado pra saber que fim vai levar essa história, só dia 13 de agosto (22h) é que o próximo episódio vai ao ar.

sexta-feira, 4 de agosto de 2017

Netflix adaptação de Baki the Grappler


SIM SIM SIM, A Netflix quer botar a gente louco!

Enumerar todas as adaptações que o referido serviço de streaming se propõs a fazer está ficando complicado, além da notícia sobre um "possível remake" de  Saint Seiya com o título de Knights of the Zodiac: Saint Seiya, também ficamos sabendo (ainda nos anúncios da Anime Slate 2017) de outra adaptação que, particularmente, gostei bastante de saber: Baki the Grappler.

O QUE É BAKI THE GRAPPLER, TIO BAZUCA?

Pra quem não sabe, Baki the Grappler é um mangá de Keisuke Itagaki, e logo se percebe que sua característica é o traço "expressivo" para músculos e cenas de luta. Baki foi publicado na revists Weekly Shōnen Champion (da Editora Akita Shoten) de 1991 e tem 42 volumes, além de dois mangás: New Grappler Baki (de 1999 a 2005) e logo na sequência veio  Baki: Son of Ogre (2005 e 2012).

O anime Baki the Grappler é um anime de luta e é bastante violento, com lutas coreografadas (não tô reclamando, mas "as vezes" aquela ruma de supapo do Dragon Ball deixa a desejar na estética, parece luta de menino na saída do colégio) e bem detalhadas, lembrando um bocado aquelas lutas do Street Fighter Victory. As lutas são baseadas em Artes Marciais reais (o próprio mangaká Keisuke foi pugilista profissional uma época de sua vida).

O mangá, basicamente, conta a história de Baki, filho do cara mais forte do Mundo (sim, ele é apresentado assim na história) e, visando superar seu pai, Baki se envolve em treinamentos, lutas diversas e mais treinamentos.

E A NETFLIX VAI ADAPTAR BACK THE GRAPPLER?

Como eu já disse, Baki é um mangá e sua primeira adaptação pra anime foi em 2001, com 24 episódios ( estúdios Group TAC e Free-Will). De fato, essa será a segunda adaptação para anime.

A nova série terá 26 episódios e vai adaptar o arco “Most Evil Death Row Convicts”, que vem a ser a segunda parte do mangá de Itagaki. A produção está sendo realizada pela TMS Entertainment (Lost Canvas). Na nova animação, a história será protagonizada por lutadores underground que participam de batalhas clandestinas em ringues sem nenhum tipo de regra. 

Apesar de ainda não ter uma data de lançamento confirmada, o que sabemos é que Baki the Grappler chegará ao catálogo da Netflix depois de sua exibição lá no Japão.

quinta-feira, 3 de agosto de 2017

Roteirista do remake de Saint Seiya revelou data de estréia na Netflix


Ontem a Netflix anunciou o lançamento de produção em CGI sobre Cavaleiros do Zodiaco com o nome de Knights of the Zodiac: Saint Seiya. A Internet toda ficou tumultuada, o Cosmo de centenas de milhares de fãs explodiu e a a procura por algo além das escassas informações lançadas no Anime Slate 2017.

O problema é que, de fato, não há muitas informações, excetuando o formato que será em computação gráfica (acredito que seja algo em CGI), serão 12 episódios (30 minutos cada) e que irá da Guerra Galática até os Cavaleiros de Prata, além da "modernização" no ambiente.

Fora isso, nada mais é informado. Contudo, quem acompanha o roteirista da nova produção da Netflix pelo seu Twitter teve grande surpresa.

Eugene Son informa pelo Twitter data de estréia de Knight of the Zodiac

Eugene Son  (Avengers: Secret Wars) é o  responsável pelo Roteiro da nova empreitada da Netflix. Durante a madrugada do dia 03/07, ele deixou escapar uma grande pérola no Twitter, sobre o que seria uma data para o já tão aguardado lançamento de Knight of the Zodiac... que seria apenas para 2018.



Obrigado a todos por suas amáveis palavras e twetts. Eu ainda não posso responder todas suas perguntas, espero quando nos aproximarmos do lançamento em 2018.
Até lá, queimem seu Cosmo.

Isso é um tanto chato, afinal, todos querem logo uma nova série desse anime que tanto amamos, porém, já é uma informação e uma data para se anotar no calendário e aguardar.

Dublador de Seiya diz que seria uma Honra trabalhar na nova animação

Em entrevista no site UOL JOGOS, Hermes Baroli (dublador do personagem Seiya de Pégaso) informou que sempre está acompanhando as produções que envolvem a franquia Saint Seiya (tipo a dublagem das animações em jogos como "Alma de Soldado" para PS3, PS4 e PC lançado em 2015) e que seria uma honra seguir com esse trabalho.

"Ainda que a gente não tenha a mesma voz de mais de 23 anos atrás, mas certamente eu dublaria. O meu estúdio e o elenco sempre estão prontos para algo do tipo. Seria uma honra".

Só lembrando que isso é uma manifestação do Dublador, a Netflix ainda não se pronunciou sobre o caso.

quarta-feira, 2 de agosto de 2017

Netflix anuncia nova série de Cavaleiros do Zodíaco


Imagem promocional do "exclusivo" da NetflixKnights of the Zodiac
Poisé, parece que Saint Seiya ainda tem muito cosmo pra queimar.

Aqui no blog já falamos sobre diversas coisas que envolvem a franquia, como Soul of Gold, lançamento de Artbooks do Lost Canvas, os incrivelmente lindos colecionáveis na Tamashii Nations, a adaptação para anime de Saintia Shô, além do misterioso Live Action que foi anunciado pouco tempo atrás, sem falar em vídeos, discussões aleatórias sobre mangás e tal...

...E NÃO, eu nunca falei do Ômega e acho que isso conta.

Enfim, você está gerenciando seu blog de boa na lagoa, quando a Netflix escancara pra todo o mundo que fará um Exclusivo Netflix de Saint Seiya, o que eu deveria pensar?!

UM SAINT SEIYA EXCLUSIVO DA NETFLIX - KNIGHTS OF THE ZODIAC

Durante a Anime Slate de 2017 que rolou em Tóquio (Japão), a Netflix anunciou (entre uma série de Animes e Live Actions de sua autoria), o lançamento de um seriado exclusivo de Cavaleiros do Zodiaco.

Algumas poucas informações sobre a produção que levará o nome em inglês Knights of the Zodiac (tendo Saint Seiya como um "subtítulo), terá coisa de 12 episódios (cada um de 30 minutos) e será no formato CGI (o mesmo de Blame!).

Nada sobre datas de lançamento ou coisa parecida. O negócio é aguardar mais informações.

Cavaleiros em ambiente "Modernizado"

Eu ainda não tenho certeza se a produção se trata de um Reboot, ou seja, se uma nova leitura da série clássica como ocorreu com o A Lenda do Santuáro. O que foi confirmado é de que o visual dos personagens será alterado para atender ao roteiro, pois a trama será em um ambiente "modernizado".

Sobre isso, a gente tem que entender que o anime clássico mostra guerreiros mitológicos descendo a chibata em ameaças mitológicas em um Japão oitentista e isso por si só já soa bem moderno (lembra dos Cavaleiros voando de helicoptero ou em leitos de UTI?!). Da mesma forma que o Lost Canvas, por se ambientar em séculos antes da série Clássica, já mostra um ambiente mais "rústico". Esta nova Saga (provavelmtente) será ambientada em 2017, com Seiya e CIA. mais velhos e tal, nada além disso...

...Eu espero. Muita gente pode torcer o nariz ao ver o Hiyoga usando um Tinder por exemplo, mas estou teorizando.

Visual do anime Saint Seiya (Clássico)


Pra quem gosta de saber de NOMES, Eugene Son  (Avengers: Secret Wars) é o responsável por escrever o roteiro e a Direção fica por conta de Yoshiharu Ashino. Sobre o visual dos Personagens, o responsável será Nishii Terumi, já o visual das Armaduras será por conta de Takashi Okazaki.

... MAIS OUTRO ANIME DE SAINT SEIYA?!

Sejamos honestos: Saint Seiya, a franquia que, apesar de ser a menina dos olhos do Tio Kurumada, nunca foi lá algo tão bem aquinhoado pelos fãs de animes lá no Japão (poisé, nós, ocidentais, não contamos muito nesse ponto). As aventuras e desventuras de Seiya e seus comparsas não pode ser comparada (em $$$ claro) com outros animes que perduram até hoje como Naruto, One Peace, Dragon Ball e isso não sou eu quem estou dizendo, é o Mercado e isso é fato.

O que não signifique que não haja um hipe envolvendo o anime e isso pode ser explorado de forma inteligente (o que vem, de fato, ocorrendo), e isso também é fato.

Eu, sendo um fã da Franquia, fico Feliz feito uma vaca no pasto com essa notícia, mas ainda não entendo o motivo que leva a evidente desconsideração por uma eventual continuação do Lost Canvas ou mesmo dos rumos da história do Tenkai-Hen Josō (Prólogo do Céu). Tivemos o questionável Ômega, o Soul of Gold também, mas essas outras Histórias ficaram paradas e merecem atenção também.

Bom, mas aí cada um tem sua opinião e realmente fico feliz que a Netflix resolveu investir em um nome como Cavaleiros do Zodiaco para seguir com sua fase de produção de conteúdo exclusivo. Confira mais informações aqui no blog.

Dragon Ball Super ganha trailer dublado pelo Cartoon Network

Lembra que eu havia comentado que Dragon Ball Super seria transmitido pela Cartoon Network?! Poisé, promessa é dívida (ou dúvida) e o Canal já apresentou seu trailer dublado, o que é muito bom, diga-se de passagem.

E A DUBAGEM, TIO BAZUCA?!

Um dos pontos favoráveis é a dublagem que, segundo as Internet da vida, será feita pelos mesmos dubladores de Dragon Ball Z, ou seja, Wendel Bezerra fará a voz de Goku e Wellington Lima vai manter a voz de Majin Boo (vou te comer, vou te comer...).

Legal essa coisa da dublagem que foi um hipe muito grande por parte dos fãs que queriam ver (no caso, ouvir) Wendel Bezerra dublando o FDP Goku Black e o cara não deixou por menos, é só o que tem é teste de dublagem da voz de Goku Black no Youtube pra ver como seria a melhor performance pra atender aos fãs.

E é isso que os fãs esperam de seus ídolos: Preocupação em atender ao público e Wendel foi sensacional.

DATAS DE ESTRÉIA

É já já, começa dia 5 de agosto, sendo os quatro primeiros episódios no horário das 17h, com reprise às 23h. Depois a exibição será regular (ou seja, todos os dias) durante a semana (segunda à sábado) lá pelas 23h,  com reprise às 15h30.

terça-feira, 1 de agosto de 2017

Em homenagem ao Ultraman Day, lançamento de Ultraman Orb The Origin Saga para Blu-Ray e DVD

Lembra que eu fiz uma postagem sobre Ultraman Orb?! Poisé, a Tsuburaya Productions anunciou o lançamento de Ultraman Orb The Origin Saga em Blu-Ray e DVDs.

E tudo isso será parte das comemorações do Ultraman Day (sim, isso existe) e caso você não entenda pirocas do que estou falando, o blog Sushi Pop tem uma postagem muito completa sobre o que xavascas é o Ultraman Day e os 50 anos de Ultraman.

LANÇAMENTO EM DVD E BLU-RAY

O pacotão tem previsão pra sair em Setembro de 2017 e quem quiser adquirir os 3 Blu-Ray, pode ir desembolsando a bagatela de 4.800 yen (coisa de R$160 reais). Pra quem prefere DVDs, podem comprá-los por 3.800 yen (cerca de R$120 reais). As capas do DVD e Blu-Ray você pode ver abaixo e a Arte está uma coisa de louco.





Mas do que se trata esse Ultraman Orb The Origin Saga?!

A Sére trata-se de um spinoff (uma Obra cuja História se passa em paralelo com a História oficial, tipo o Saint Seiya clássico e o Lost Canvas) e prequel (uma Obra cuja História se passa ANTES da História oficial, tipo o Girls in Trouble e o Uchuu Keiji Gavan vs. Tokusou Sentai Dekaranger) de Ultraman Orb. Ainda, quem tinha interesse em acompanhar mais essa série Ultra, só poderia fazê-lo pela Amazon Prime (um serviço de Streaming de Filmes e Séries Online, tipo o Netflix).

Enfim, Ultraman Orb The Origin Saga trata da história de Gai Kurenai e Jugglus Juggler, dois garotos genéricos que vivem no planeta O-50.

Quando surge (de uma forma pouco crítica) a possibilidade de se tornar um grande Guerreiro da Luz. Então, apenas Gai Kurenai é escolhido pela Luz e se torna o Ultraman Orb ao receber a Orb Caliber. O que é bom, pois agora o Universo pode ser protegido das maledicências do Dr. Saiki e sua trupe.